Orpheus, de Franz Stuck

segunda-feira, 13 de junho de 2011

The Big Gay Musical ( O Grande Musical Gay)



    Para quem curte musicais e está a fim de ver lindos homens se beijando, dançando, cantando e etc, este filme é a "pedida" da noite! 

    "The Big Gay Musical" ( O Grande Musical Gay) é um filme lançado em 2009, escrito por Fred M. Caruso, dirigido por Casper Andreas e distribuído pela Embrem Entreteniment. 
   O filme trata de um grande musical gay que está sendo produzido na "off broadway", intitulado "Adam e Stive, como Deus os fez". Os personagens principais do filme são Eddie (Joey Dudding) e Paul ( Daniel Robinson). Eddie é um rapaz inexperiente, não assumido para os pais e que está começando a conhecer o "mundo gay". Paul é um jovem sonhador e romantico, que deseja encontrar o homem certo, aquele que o ame e deseje construir uma família. 
     Paul vai enfrentar dificuldades e, desiludido com a vida, resolve abandonar seu romantismo e ser aquilo que seus amigos chamam de "puta", ou seja, apenas aproveitar e transar com todos os caras, sem pretensões de namoro ou algo sério. Mas, Paul não demora para descobrir que sua alma é completamente romântica e que mais do que sexo, ele deseja um parceiro, alguém que durma abraçado com ele, que o ame. 
     O drama de Eddie consiste na relação com os pais, que são extremamente religiosos e não sabem de sua homossexualidade. O mundo de Eddie cai quando os pais prometem ir assistir o musical estrelado pelo filho. Aconselhado por Paul, Eddie conta a verdade aos pais antes da estréia do musical e eles não reagem bem no início. Eddie se vê ainda confuso em relação aos garotos, assim como Paul, deseja encontrar alguém que o ame, mas logo descobre que isso não é algo tão fácil. 

     "The Big Gay Musical" é um filme que encanta, que diverte e que transmite uma mensagem de aceitação e combate ao preconceito. Não dá para não falar da arte do filme, que é maravilhosa... As músicas e as coreografias são ótimas... Uma das partes que mais gostei foi quando Adam e Stive, interpretados por Paul e Eddie, respectivamente, dançam ballet. É tão meigo, sensível e belo... Foi sublime! 
      Todos aqueles que apreciam música, dança e interessam-se pela temática GLBT encontrarão em "The Big Gay Musical" uma ótima forma de saciarem seus desejos artísticos e poéticos. E claro, não faltam momentos de descontração e comédia. É um filme para gays, para pessoas sem preconceito, um filme para pessoas românticas, um filme para quem esteja disposto a flutuar em uma dimensão mais leve, brilhante, colorida... E ainda, um filme para quem está cansado de preconceito, de ignorância, de desrespeito... Pois é essa uma das principais mensagens, "Respeito e Igualdade".  O filme, sem dúvida, faz uma crítica dura aos aos religiosos que condenam e julgam os homossexuais, esquecendo que a principal mensagem de Jesus era o amor e o respeito. E claro, há a crítica ao fanatismo e ao fato de muitas pessoas acreditarem em tudo que está escrito na bíblia, sendo esta um livro escrito e interpretado pelos homens.  Por fim, é um filme de Amor e isso diz respeito a todos, diz a respeito a nós seres humanos e para quem acredita nele, diz respeito a Deus. 







                                     







Veja ainda o trailer oficial:  


                                                        


O mundo é colorido e não preto em branco. Limpe seus óculos. 
#Respeito e Lei para todos. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário