Orpheus, de Franz Stuck

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Maria Bethânia - minha bruxa predileta.

    Não sei dizer quando extamente surgiu a enorme admiração que tenho pela cantora brasileira Maria Bethânia. O que sei é que minha mãe a ouvia, cantando as músicas de Roberto Carlos, principalmente. Sendo assim, desde jovem, gosto de ouvir as canções cantados na voz desta que gosto de chamar carinhosamente de "minha bruxa". "Bruxa" vem aqui como uma forma de dizer que Maria Bethânia possui uma grande sensibilidade, o que fica expresso em suas canções e em todas aquelas que canta. "Bruxa" no bom e mais belo sentido da palavra, uma encantadora de almas com sua voz , com seu sentimento, com seu jeito doce de ser e cantar.... Amo, amo Bethânia!
    Nos últimos dias, tenho uvido algumas canções interpretadas por ela. Canções, que na sua maioria, nem são originalmente cantadas por ela, mas que eu prefiro ouvi-las na sua voz.

















Nenhum comentário:

Postar um comentário