Orpheus, de Franz Stuck

sábado, 3 de dezembro de 2011

É o amor - Maria Bethânia

Algumas coisas na vida têm mesmo de ser bregas.
Ah, quê canção não fica linda na voz desta mulher? 





'' ...Eu sou o seu apaixonado
De alma transparente,
Um louco alucinado,
Meio inconsequente,
Um caso complicado de se entender...''

Nenhum comentário:

Postar um comentário