Orpheus, de Franz Stuck

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Constância



Nos sonhos mais deliciosos,
Você me ama,
E somos inteiramente nossos,
Não temos problemas,
Não há tempo e nem dias que nos separam,
Em meus sonhos,
você me ama,
E podemos voar e dançar,
Não há saudade,
Tudo é constância,
porque você está sempre comigo,
Não há despedida e nem lágrima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário