Orpheus, de Franz Stuck

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

garoto sorridente
dos olhos de mar
por muito pouco
não toquei sua boca
e beijei seu corpo
os seus cabelos ondulados
ondulam agora
um outro corpo
uma outra praia
que não minha cama

Nenhum comentário:

Postar um comentário