Orpheus, de Franz Stuck

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Nossa Fábula.







Aqui,
Bem longe onde estou,
há um céu com tantas estrelas
eu posso ver muitas fábulas
estampadas ao lado da lua. 
E nestas fábulas,
somos,
eu e tu,
João e Maria 
Que correm por uma floresta linda
e fantástica,
nos encantamos com as árvores altas,
com os pássaros,
só não nos espantamos com a casa 
Feita de doces.
Esta bruxa,
a dona da casa cor de rosa e doce,
é nossa amiga...
Não, ela não quer nos comer
Como contam nos contos.
Esta mulher,
que cheira a um tempo antigo,
nos recebe e nos conta suas histórias.
Suas histórias que também são nossas,
nossa história,
nossa fábula encantada.
Sigo assim, querida,
encantado ao lado teu,
com teu carinho e tua delicada amizade.
Seguimos de mãos dadas de volta pela floresta,
Voltamos para o mundo real,
mas os sonhos hão de sobreviver.
E vamos nos encontrar neles sempre. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário