Orpheus, de Franz Stuck

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Horizonte

Sobre os ombros,
o peso dos dias
sem memória.

No olhar,
a ausência,
sal cristalizado. 

Poema Horizonte de Luísa Dacosta in Poesia - A maresia e o sargaço dos dias

Nenhum comentário:

Postar um comentário