Orpheus, de Franz Stuck

domingo, 1 de abril de 2012

Nocturno.


Eu-melancolia.
É o que sou;
uma folha branca em neve
a cair em câmera lenta
ao som de um Nocturno de Choupin.


2 comentários:

  1. Oi, Charles a prof. Adelaide Chichorro disse-me que tinhas um blog e eu vim bisbilhotar :)
    Estou a gostar muito dos teus poemas...*

    Teresa da turma de LPC

    ResponderExcluir
  2. Olá, Teresa! Obrigado!
    Fico contente que tenhas gostado!
    A professora de LPC é tão querida, tenho gostado muito da disciplina!
    Abraço!

    ResponderExcluir