Orpheus, de Franz Stuck

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Saudade.




Pensastes demais.
O quê você demora,
é o quê tempo leva,
transforma em lembrança,
consome-se na saudade,
desmaia na ausência,
não se satisfaz nas lágrimas,
cala-se sem voz,
foge,
ganha asas e voa,
adquire outras faces,
torna verdade ilusões,
e morre,
morre nos braços de outro alguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário