Orpheus, de Franz Stuck

sexta-feira, 18 de maio de 2012

''o primeiro amor do coração''

''(...) Agora , por que é que nenhuma dessas caprichosas me fez esquecer a primeira amada do meu coração? Talvez porque nenhuma tinha os olhos de ressaca, nem os de cigana oblíqua e dissimulada. (...)'' 



ASSIS, Machado de. Dom Casmurro. São Paulo: Abril Cultural, 1981.



Nenhum comentário:

Postar um comentário