Orpheus, de Franz Stuck

domingo, 31 de julho de 2011

Cicle of Life - O Rei Leão

      


      Confesso que até hoje, quando ouço essa música me arrepio. "O Rei Leão" foi um filme que marcou minha infância. Lembro-me de minha irmã mais velha reclamando porque eu havia monopolizado o vídeo cassete revendo infinitas vezes a fita do Rei Leão. Eu viciei neste filme e até hoje é um dos meus desenhos preferidos, quando me bate aquela saudade da ser criança novamente, saudade de algo e qualquer coisa que foi e não volta, vejo este filme que para mim é fantástico. É fantástico porque reúne tudo. É um filme para crianças e para adultos, possui uma trilha sonora riquíssima, mas também é uma história que fala de amor, de morte, de traição, de inveja, de alegria, de felicidade e aceitação. O Rei Leão estará sempre na minha lembrança, ainda sinto o gosto da pipoca que minha mãe preparava quando eu sentava na sala para reassisti-lo nas tardes de inverno. 
        Eu coloquei a cima a versão original em inglês, mas é claro que cresci vendo a versão brasileira, que vai aqui em baixo. Ah, coloco também a versão em português de Portugal. Um dado curioso:  O Rei Leão foi o primeiro desenho da Disney que foi dublado na variedade do Português Europeu em Portugal, até então, todos os filmes da Disney eram disponibilizados para os portugueses com as dublagens brasileiras. Para a felicidade dos nossos amigos portugueses, após o Rei Leão, Portugal começou a fazer suas próprias dublagens ( curiosidade: em Portugal diz-se dobragem  ao invés de dublagem).

Versão Brasileira:

Versão Portuguesa:




Um comentário:

  1. querido,
    ler as suas palavras é o mesmo que meu filho falaria, pois eu tb nao aguentava de tanto q ele via esse filme. A tal da fita k-7 chegou a enrolar toda dentro do vídeo..dhauhdauh o q foi um desespero total, pelo filho que ficaria sem o desenho e para mim q teria q inventar outra distração que o mantivesse tão quietinho na frente da TV. haudhuash
    Saudade mesmo tenho dos tempos q eles ficavam pertinho de mim e qdo estava fora de casa eu tb estava lá, perto deles. AH! esses tempos q não voltam mais....
    :)))

    ResponderExcluir