Orpheus, de Franz Stuck

segunda-feira, 19 de março de 2012

Tentativa

Uma flor de silêncio
sela minha boca.
Um peso de chumbo
aprisiona os meus gestos.
Só o voo dos meus olhos
te persegue
e tenta
trazer-te até mim.

Poema de Luísa da Costa in ''A maresia e o sargaço dos dias''.

Nenhum comentário:

Postar um comentário